sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Mensagem de Ano Novo

Olá amigos, mais um ano terminando desejamos a todos um Feliz Ano Novo, lembrando que dia 07/01/2012 a Mocidade voltará normalmente. Segue uma mensagem do Emmanuel para nos inspirar.

NA HORA DA CRISE

Emmanuel

Reunião pública de 05/10/59.

Questão 466 (Livro dos Espíritos)


Na hora da crise, emudece os lábios e ouve as vozes que falam, inarticuladas, no imo de ti mesmo.

Perceberás, distintamente, o conflito.

É o passado que teima em ficar e o presente que anseia pelo futuro.

É o cárcere e a libertação.

A sombra e a luz.

A dívida e a esperança.

É o que foi e o que deve ser.

Na essência, é o mundo e o Cristo no coração.

Grita o mundo pelo verbo dos amigos e dos adversários, na Terra e além da Terra.

Adverte o Cristo, através da responsabilidade que nos vibra na consciência.

Diz o mundo: Acomoda-te como puderes.

Pede o Cristo: Levanta-te e anda

Diz o mundo: Faze o que desejas.

Pede o Cristo:Não peques mais

Diz o mundo: Destrói os opositores.

Pede o Cristo: Ama os teus inimigos.

Diz o mundo: Renega os que te incomodem.

Pede o Cristo:Ao que te exige mil passos,caminha com ele dois mil.

Diz o mundo:Apega-te a posse.

Pede o Cristo: Ao que te rogue a túnica cede também a capa.

Diz o mundo:Fere a quem te fere.

Pede o Cristo: Perdoa sempre.

Diz o mundo: descansa e goza.

Pede o Cristo:avança enquanto tem luz.

Diz o mundo:Censura como quiseres.

Pede o Cristo: Não condenes.

Diz o mundo: Não repare os meios para alcançar os fins.

Diz o Cristo: Serás medido pela medida que aplicares aos outros.

Diz o mundo: Aborrece os que te aborreçam.

Pede o Cristo:Ora pelos que te perseguem e caluniam.

Diz o mundo: Acumula ouro e poder para que te faças temido.

Diz o Cristo: Provavelmente nesta noite pedirão tua alma e o que amontoaste para quem será?

Obsessão é também problema de sintonia.

O ouvido que escuta reflete a boca que fala.

O olho que algo vê assemelha-se, de algum modo, à coisa vista.

Não precisas, assim, sofrer longas hesitações nas horas de tempestade.

Se realmente procuras caminho justo, ouçamos o Cristo, e a palavra dele, por bússola infalível, traçar-nos-á rumo certo.

(De "Religião dos Espíritos", de Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel)

domingo, 18 de dezembro de 2011

As Bem Aventuranças traduzidas por Emmanuel

E para imprimir o magnetismo divino da Boa Nova, na mente popular, traça no monte, as bem-aventuranças da vida eterna, proclamando veementemente:
“Felizes os humildes de espírito, porque a eles toca o reino dos céus.
Felizes os que choram porque serão consolados.
Felizes os afáveis, porque possuirão a terra.
Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.
Felizes os misericordiosos, porque obterão misericórdia.
Felizes os que trazem consigo o coração puro, porque sentirão a presença de deus.
Felizes os pacíficos e os pacificadores, porque serão chamados filhos do Altíssimo.
Felizes os que forem perseguidos, sem causa, porque o reino dos Céus lhes pertence."

"Religião dos Espíritos", de Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011



Olá pessoal!






Nesse domingo nós da Mocidade Maria João de Deus tivemos a oportunidade única de realizar nossa tarefa com os moradores do bairro Citrolândia, em Betim. Agradecemos por todos os que estiveram presentes, e pelos que não puderam ir que tivemos a certeza de estarem envolvidos nas vibrações dessa tarefa tão especial para todos nós.



“Cede aos necessitados daquilo que reténs no curso das horas...
Dá, porém, de ti mesmo aos semelhantes, em bondade e serviço, reconforto e perdão, cada vez que alguém se revele faminto de proteção e desculpa, entendimento e carinho.”
Emmanuel
(livro Religião dos Espíritos, pág.24)


OBRIGADO!!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

CD - Pra Você - Grupo Segredo

Olá amigos, o Grupo de Música Espírita Segredo lançou seu segundo Cd de música voltado para o público infantil.

Segue o link onde é possível escutar as músicas online:


Destaque para a música "O Semeador".

Esse Cd já está a venda na livraria do Grupo Scheilla.

sábado, 3 de dezembro de 2011

Olá pessoal,

Para quem já leu ou quer ler a obra Nosso Lar, do espírito André Luiz, postamos aqui uma sequência de estudos desse livro, feito pelo Samuel Cardoso. Sugerimos a todos uma boa leitura!



http://www.4shared.com/account/dir/tlwI7MfT/_online.html?rnd=91#dir=124553337

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Aos jovens da Mocidade Espírita maria João de Deus:

A Comissão de Assistência Social Espírita – CASE, pede sua colaboração para realizarmos mais uma tarefa do bem, o Citrolândia, marcado para 11/12/2011.

A preparação dessatarefa demanda de muitas pessoas animadas e dispostas para as frentes detrabalho.

No dia 9/12 (sexta-feira), precisaremosna CEAL, a partir das 7 da manhã, de jovens dispostos a ajudar seu Antônio na montagem das cestas de alimentos.

No dia 10/12 (Sábado), teremos que carregar, a partir das 9 da manhã, o caminhão com as cestas de alimentos e roupas, edescarrega-lo no Citrolândia.

Lembrando também que dia 11/12/2011 (domingo) nos encontraremos as 08:00 da manhã em frente ao Scheilla para irmos para a tarefa do Citrôlandia. O ônibus é gratuito.

Vá pensando qual sua habilidade e disponibilidade.
Aguardamos você. CEAL : RUA RIO PARDO, 120 - Santa Efigênia.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Mensagem aos Jovens: "Versos a Juventude"

Juventude,
O Caminho do Céu é longo e rude...
Guarda o próprio valor,
Ninguém consegue a paz ambicionada
Sem devotar-se na sublime estrada
Ao trabalho do amor.

Mas, o amor que edifica e aperfeiçoa
Nunca foi sensação que se esboroa
No sepulcro abismal.
É holocausto da própria vida ao Mestre,
Por secar toda lágrima terrestre
Na bondade real.

Mocidade.
Cultiva a bênção da imortalidade
Pelo dom de servir...
Não descanses em pétalas de flores,
Que a ilusão tem mil braços tentadores
Conturbando o porvir.

Se procuras o Cristo Soberano,
No ilimitado sofrimento humano,
Não desprezes a cruz!
Ama, aprende e trabalha, cada dia,
E alcançarás o reino da alegria,
Na vitória da luz.

(Do livro Estrelas no Chão - Casimiro Cunha - Psicografia de Francisco Cândido Xavier)

Sonhos



(clique na tirinha para ampliar)


(As tirinhas são da autoria de Wilton Pontes e retiradas do site http://espitirinhas.blogspot.com/)

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Prévia da XXIII COMEMOFRA

Queridos amigos,

Repassamos a vocês o convite para um evento muito especial!

Você não pode faltar na Prévia da XXIII COMEMOFRA!

O evento acontecerá simultaneamente ao 77º Encontro Regional Fraterno da 4ª RF, no dia 30/10.As Inscrições poderão ser realizadas até 22/10 através dos e-mails yviler@hotmail.com, felipedrn93@hotmail.com ou rosana@jonisa.com.br.
Haverá um ônibus saindo de frente do GFE Irmã Scheilla, Rua Aquiles Lobo, 52, Floresta, Belo Horizonte/MG às 06h45min. Passará também pelo GEF Albino Teixeira, Rua Aeroviários, 154, Pampulha, Belo Horizonte/MG. O encontro acontecerá em Pará de Minas e terminará no final da tarde.
O ônibus será especialmente gratuito para os jovens das mocidades!
Aos adultos que participarão do 77º Encontro Regional será cobrado o valor de R$15,00 para o ônibus e de R$10,00 de inscrição, referente à alimentação.
Participem, vamos trocar experiências e mostrar que a juventude espírita unida é muito mais capaz!

ATENÇÃO - O GEF Albino Teixeira com muito carinho nos colocou que para os jovens das mocidades não serão cobrados os valores NEM do ônibus, NEM da taxa de inscrição! Basta enviar nome completo, identidade e mocidade do qual o jovem faz parte para um dos e-mails yviler@hotmail.com, felipedrn93@hotmail.com ou rosana@jonisa.com.br até o dia 22/10 (prazo da inscrição)

Abraços Fraternos!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Visita ao Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus

Queridos amigos,


Neste domingo, 16/10, visitaremos o Núcleo Assistencial Caminhos para Jesus. Todos estão convidados!!!


Maiores informações na guia TAREFAS do nosso blog.


Abraço fraterno!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Tarde do Conhecimento - 08/10

(clique no cartaz para ampliar)

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Nova Promoção

Queridos amigos,


É com muita alegria que divulgamos uma nova promoção...


Conforme já divulgado, acontecerá no dia 08/10 a nossa "Tarde do Conhecimento".
Este ano o livro tema será NINGUÉM ESTÁ SOZINHO, de Luiz Sérgio / Irene Pacheco.


Pedimos que todos enviem, até o dia 21/10, como comentário nesta postagem, ou para o e-mail memjdmail@gmail.com alguma frase, texto, música, poema, desenho e etc, que estejam relacionados ao livro NINGUÉM ESTÁ SOZINHO ou à temática abordada pelo livro.

O mais criativo irá ganhar como prêmio uma cesta de chocolates. O resultado será anunciado na reunião da MEMJD - ciclo 3, no dia 22/10.


PARTICIPEM!!! Não precisa ser nada grande, ou difícil. Basta ser criativo.

Lembrando que aqueles que quiserem adquirir o livro, na livraria do Scheilla, com desconto de 30%, basta passar o nome para a Comissão de Estudos, enviar um e-mail, para o e-mail da MEMJD (acima), que será repassado a eles.


Forte abraço a todos!

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Aniversário da MEMJD


(clique no cartaz para ampliar)

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O Homem de Bem

Queridos amigos,

Aproveitando o tema trabalhado nas estudos e evangelização infantil, durante a última tarefa do Citrolândia, façamos a leitura do Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. XVII, 3, sobre este assunto:

3 – O verdadeiro homem de bem é aquele que pratica a lei de justiça, de amor e caridade, na sua maior pureza. Se interroga a sua consciência sobre os próprios atos, pergunta se não violou essa lei, se não cometeu o mal, se fez todo o bem que podia, se não deixou escapar voluntariamente uma ocasião de ser útil, se ninguém tem do que se queixar dele, enfim, se fez aos outros aquilo que queria que os outros fizessem por ele.
Tem fé em Deus, na sua bondade, na sua justiça e na sua sabedoria; sabe que nada acontece sem a sua permissão, e submete-se em todas as coisas à sua vontade.
Tem fé no futuro, e por isso coloca os bens espirituais acima dos bens temporais.
Sabe que todas as vicissitudes da vida, todas as dores, todas as decepções, são provas ou expiações, e as aceita sem murmurar.
O homem possuído pelo sentimento de caridade e de amor ao próximo faz o bem pelo bem, sem esperar recompensa, paga o mal com o bem, toma a defesa do fraco contra o forte e sacrifica sempre o seu interesse à justiça.
Encontra usa satisfação nos benefícios que distribui, nos serviços que presta, nas venturas que promove, nas lágrimas que faz secar, nas consolações que leva aos aflitos. Seu primeiro impulso é o de pensar nos outros., antes que em si mesmo, de tratar dos interesses dos outros, antes que dos seus. O egoísta, ao contrário, calcula os proveitos e as perdas de cada ação generosa.
É bom, humano e benevolente para com todos, sem distinção de raças nem de crenças, porque vê todos os homens como irmãos.
Respeita nos outros todas as convicções sinceras, e não lança o anátema aos que não pensam como ele.
Em todas as circunstâncias, a caridade é o seu guia. Considera que aquele que prejudica os outros com palavras maldosas, que fere a suscetibilidade alheia com o seu orgulho e o seu desdém, que não recua à idéia de causar um sofrimento, uma contrariedade, ainda que ligeira, quando a pode evitar, falta ao dever do amor ao próximo e não merece a clemência do Senhor.
Não tem ódio nem rancor, nem desejos de vingança. A exemplo de Jesus, perdoa e esquece as ofensas, e não se lembra senão dos benefícios. Porque sabe que será perdoado, conforme houver perdoado.
É indulgente para as fraquezas alheias, porque sabe que ele mesmo tem necessidade de indulgência, e se lembra destas palavras do Cristo: “Aquele que está sem pecado atire a primeira pedra”.
Não se compraz em procurar os defeitos dos outros, nem a pô-los em evidência. Se a necessidade o obriga a isso, procura sempre o bem que pode atenuar o mal.
Estuda as suas próprias imperfeições, e trabalha sem cessar em combatê-las. Todos os seus esforços tendem a permitir-lhe dizer, amanhã, que traz em si alguma coisa melhor do que na véspera.
Não tenta fazer valer o seu espírito, nem os seus talentos, às expensas dos outros. Pelo contrário, aproveita todas as ocasiões para fazer ressaltar a vantagens dos outros.
Não se envaidece em nada com a sua sorte, nem com os seus predicados pessoais, porque sabe que tudo quanto lhe foi dado pode ser retirado.
Usa mas não abusa dos bens que lhe são concedidos, porque sabe tratar-se de um depósito, do qual deverá prestar contas, e que o emprego mais prejudicial para si mesmo, que poderá lhes dar, é pô-los ao serviço da satisfação de suas paixões.
Se nas relações sociais, alguns homens se encontram na sua dependência, trata-os com bondade e benevolência, porque são seus iguais perante Deus. Usa sua autoridade para erguer-lhes a moral, e não para os esmagar com o seu orgulho, e evita tudo quanto poderia tornar mais penosa a sua posição subalterna.
O subordinado, por sua vez, compreende os deveres da sua posição, e tem o escrúpulo de procurar cumpri-los conscientemente. (Ver cap.XVII, nº 9)
O homem de bem, enfim, respeita nos seus semelhantes todos os direitos que lhes são assegurados pelas leis da natureza, como desejaria que os seus fossem respeitados.
Esta não é a relação completa das qualidades que distinguem o homem de bem, mas quem quer que se esforce para possuí-las, estará no caminho que conduz às demais.

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Citrolândia

Está chegando a nossa tarefa tão esperada!!!

É neste domingo.

Mais informações na nossa nova página de tarefas, aqui no blog:

TAREFAS


Ou pelo e-mail:

memjdmail@gmail.com

Humildade

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Virtudes e Defeitos VII



(clique na tirinha para ampliar)


(As tirinhas são da autoria de Wilton Pontes e retiradas do site http://espitirinhas.blogspot.com/)

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Programação de Setembro

Queridos amigos,

É com imensa alegria que divulgamos a nossa programação para o mês de Setembro.
Contamos com a presença de todos em nossos estudos, no aniversário da Mocidade e na tarefa do Citrolândia!

NOSSAS PALESTRAS:

3/9/2011 - OS DESAFIOS DA CONVIVÊNCIA NO CENTRO ESPÍRITA - Joana Angelica
10/9/2011 - SEXUALIDADE NOS DIVERSOS ESTAGIOS EVOLUTIVOS - Mauro
17/9/2011 - “O QUE QUERES TU?” TÉCNICA DE REFLEXÃO - Samuel Cardoso

24/9/2011 - “O QUE QUERES TU?” TÉCNICA DE REFLEXÃO - Karla Jesué

ATIVIDADES E TAREFAS:


18/09/2011 - TAREFA DO CITROLÂNDIA
Com os corações cheios de amor e alegria, nos encontraremos na porta do Scheilla às 8:00h para irmos, em um ônibus gratuito, até o bairro Citrolândia, em Betim.

Já adiantando...
01/10/2011 - ANIVERSÁRIO DA MOCIDADE

Comemoração do aniversário da nossa querida MEMJD, no salão do Scheilla, no mesmo horário das nossas reuniões. A programação será super especial!!!


>>> Todos também estão convidados a participar do nosso estudo de "O Livro dos Espíritos", todos os sábados, das 17:00 as 17:50h, na salinha de reunião mediúnica. <<<

Abraços a todos!

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Apresentação - Tim e Vanessa

(clique no cartaz para ampliar)

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

III Festival de Música Espírita do Gefrater

(clique no cartaz para ampliar)






***** Parte da renda será destinada para a Comemofra/2012*****








quinta-feira, 25 de agosto de 2011

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Dica de Leitura

Amigos,



O livro "Ninguém está sozinho" do Luiz Sérgio, será trabalhado na nossa TARDE DO CONHECIMENTO, evento que acontecerá no dia 08 de outubro, logo daremos maiores informações. Por enquanto, vamos aproveitar para fazer uma boa leitura da obra!!!


ATENÇÃO: Temos um exemplar deste livro disponível para empréstimo. Os interessados, favor falar com a Comissão de Estudos antes/depois das reuniões da MEMJD-ciclo 3.



Abraços Fraternos!







Estudo do Evangelho

— Lá na Espanha — explicou a jovem delica­damente — líamos apenas um versículo de cada vez e esse mesmo, não raro, fornecia cabedal de exame e iluminação para outras noites de estudo. Chegamos à conclusão de que o Evangelho, em sua expressão total, é um vasto caminho ascensional, cujo fim não poderemos atingir, legitimamente, sem conhecimento e aplicação de todos os detalhes. Muitos estudiosos presumem haver alcançado o têr­mo da lição do Mestre, com uma simples leitura vagamente raciocinada. Isso, contudo, é erro grave. A mensagem do Cristo precisa ser conhecida, medi­tada, sentida e vivida. Nesta ordem de aquisições, não basta estar informado. Um preceptor do mun­do nos ensinará a ler; o Mestre, porém, nos ensina a proceder, tornando-se-nos, portanto, indispensável a cada passo da existência. Eis por que, excetua­dos os versículos de saudação apostólica, qualquer dos demais conterá ensinamentos grandiosos e imor­redouros, que impende conhecer e empregar, a be­nefício próprio.

Livro Renúncia, Emmanuel

Retirado de: www.ricardobalbio.blogspot.com

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Melindre


(clique na tirinha para ampliar)


(As tirinhas são da autoria de Wilton Pontes e retiradas do site http://espitirinhas.blogspot.com/)

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

No Dia dos Pais



De repente me surpreendo, pai Amigo,
Preocupado com a mensagem de carinho,
De quem, feliz, partilha o teu caminho
E se protege nas vibrações de teu abrigo.
O que fazer na festa deste ano?...
Se pouco tenho para oferecer-te.
Mas, o coração me pede para dizer-te
O quanto te quero bem, respeito e amo.
Amigo certo de toda hora que passa,
Ampara a família, por ela vive e labuta.
Na defesa dos filhos enfrenta qualquer luta,
Cumpre o dever para que o lar não se desfaça.
Nas minhas preces rogo sempre ao Senhor,
Por ti, paizinho, que taciturno ou brincalhão,
Jamais descuida da saúde ou da educação,
Dos filhos que sustentas com tanto amor.
Missionário, tua presença encoraja e acalma,
Os filhos que crescem alegres ao teu lado,
Aos quais te mostras severo e até \"quadrado\",
Mas, revelando sempre a grandeza de tua alma.
Se, por vezes, me rebelo na falsa ilusão,
É porque não sigo, com discernimento e desvelo,
Os exemplos que me dás, como modelo
E por isso peço-te envolver-me com teu perdão.
Minhas vibrações de gratidão e amizade,
Se elevam sempre em súplica ao Bom Deus,
Para que o Bem seja, nos caminhos teus,
Uma constante benção de muita felicidade!





Fonte: Lúcio Abreu - Nas Pétalas da Inspiração, retirado de: http://www.uemmg.org.br/list.noticia.php/origem/1/noticia/398/titulo/No_Dia_dos_Pais


terça-feira, 9 de agosto de 2011

O Serviço Inconstante - Neio Lúcio

À frente do todos os presentes, o Mestre narrou com simplicidade: — Certo homem encontrou a luz da Revelação Divina e desejou ardentemente habilitarse para viver entre os Anjos do Céu.
Tanto suplicou essa bênção ao Pai que, através da inspiração, o Senhor o enviou ao aprimoramento necessário com vistas ao fim a que se propunha.
Por intermédio de vários amigos, orientados pelo Poder Divino, o candidato, que demonstrava acentuada tendência pela escultura, foi conduzido a colaborar com antigo mestre, em mármore valioso.
No entanto, a breve tempo, demitiu-se, alegando a impossibilidade de submeter-se a um homem ríspido e intratável; transferiu-se, desse modo, para uma oficina consagrada à confecção de utilidades de madeira, sob as diretrizes de velho escultor.
Abandonou-o também, sem delongas, asseverando que lhe não era possível suportá-lo.
Em seguida, empregou- se sob as determinações de conhecido operário especializado em construção de colunas em estilo grego.
Não tardou, entretanto, a deixá-lo, declarando não lhe tolerar as exigências.
Logo após, entregou-se ao trabalho, sob as ordens de experimentado escultor de ornamentações em arcos festivos, mas, finda uma semana, fugiu aos compromissos assumidos, afirmando haver encontrado um chefe por demais violento e irritadiço.
Depois, colocou-se sob a orientação de um fabricante de arcas preciosas, de quem se afastou, em poucos dias, a pretexto de se tratar de criatura desalmada e cruel.
E, assim, de tarefa em tarefa, de oficina em oficina, o aspirante ao Céu dizia, invariavelmente, que lhe não era possível incorporar as próprias energias à experiência terrestre, por encontrar, em toda parte, o erro, a maldade e a perseguição nos que o dirigiam, até que a morte veio buscá-lo à presença dos Anjos do Senhor.
Com surpresa, porém, não os encontrou tão sorridentes quanto aguardava.
Um deles avançou, triste, e indagou: — Amigo, por que não te preparaste ante os imperativos do Céu? O interpelado que identificava a própria inferioridade, nas sombras em que se envolvia, clamou em pranto que só havia encontrado exigência e dureza nos condutores da luta humana.
O Mensageiro, no entanto, observou, com amargura: — O Pai chamou-te a servir em teu próprio proveito e, não, a julgar.
Cada homem dará conta de si mesmo a Deus.
Ninguém escapará à Justiça Divina que se pronuncia no momento preciso.
Como pudeste esquecer tão simples verdade, dentro da vida? O malho bate a bigorna, o ferreiro conduz o malho, o comerciante examina a obra do ferreiro, o povo dá opinião sobre o negociante, e o Senhor, no Conjunto, analisa e julga a todos.
Se fugiste a pequenos serviços do mundo, sob a alegação de que os outros eram incapazes e indignos da direção, como poderás entender o ministério celestial? E o trabalhador inconstante passou às conseqüências de sua queda impensada.
Jesus fez uma pausa e concluiu: — Quem estiver sob o domínio de pessoas enérgicas e endurecidas na disciplina, excelentes resultados conseguirá recolher se souber e puder aproveitar-lhes a aspereza, inspirandose na madeira bruta ao contacto da plaina benfeitora.
Abençoada seja a mão que educa e corrige, mas bem-aventurado seja aquele que se deixa aperfeiçoar ao seu toque de renovação e aprimoramento, porque os mestres do mundo sempre reclamam a lição de outros mestres, mas a obra do bem, quando realizada para todos, permanece eternamente.

Do Livro Jesus no Lar - Francisco C. Xavier

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Reformas...

(clique na tirinha para ampliar)

(As tirinhas são da autoria de Wilton Pontes e retiradas do site http://espitirinhas.blogspot.com/)

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Programação de Agosto

Queridos amigos,

É com muita alegria que divulgamos a nossa programação para o mês de Agosto.

Contamos com a presença de todos em nossas atividades!

NOSSAS PALESTRAS:
06/08/2011- Tema: O PÃO DA VIDA - CARIDADE E AUXÍLIO AO PRÓXIMO- Expositor: Regina Varela
13/08/2011 - Tema: JESUS EM NOSSO BARCO - ATUALIDADES - Expositor: Comissão de Integração
20/08/2011 - Tema: SEMANA ESPECIAL CHICO XAVIER
27/08/2011 - Tema: "AQUELE QUE NÃO TIVER PECADOS, QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA" - Expositor: Marcondes Soares

TAREFAS:
07/08/2011 - Visita Fraterna a uma família assistida pelo Grupo Scheilla. - A tarefa será realizada na parte da manhã. Os que se interessarem, favor entrar em contato com algum membro da Comissão de Assistência Social Espírita, ou enviar e-mail para memjdmail@gmail.com, que repassaremos à CASE.

Forte abraço a todos!!!

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Sem Caridade


Sem a caridade do trabalho para as suas mãos, o seu descanso pode transformar-se em preguiça.

Sem a caridade da tolerância, o seu trabalho seguirá repleto de entraves.

Sem a caridade da simpatia para com os necessitados de qualquer procedência, as suas palavras de corrigenda serão nulas.

Sem a caridade da gentileza, a sua vida social e doméstica será sempre um purgatório de incompreensões.

Sem a caridade da desculpa fraterna, seus problemas seguirão aumentados.

Sem a caridade da lição repetida, o seu esforço não auxiliará a ninguém.

Sem a caridade da cooperação, a sua tarefa poderá descer ao isolamento enfermiço.

Sem a caridade do estímulo ao companheiro que luta, sofre e chora, no trato com as próprias imperfeições, o orgulho se lhe fará petrificado na própria alma.

Sem a caridade do auxílio incessante aos pequeninos, a vaidade viverá fortalecida em nosso espírito invigilante.

Sem a caridade do entendimento amigo, a sua franqueza será crueldade.

Sem a caridade do concurso desinteressado e fraterno, as suas dificuldades crescerão indefinidamente.

Sem caridade em nosso caminho, tudo se converterá em inquietude, sombra e sofrimento. Por isso mesmo, adverte-nos o Evangelho - "fora da caridade ou fora do amor não existe realmente salvação".


Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Caridade.
Ditado pelo Espírito André Luiz.
Araras, SP: IDE, 1978.

Mensagem - Ermance Dufaux

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O Século da Boa Nova

Trataremos hoje do período denominado por Humberto de Campos como o “Século da Boa Nova”.

Roma vivia décadas de guerras terríveis e devastadoras, quando sobe ao poder o Imperador Otaviano Augusto, que mesmo sem tomar medidas drásticas ou fazer um grande planejamento, acaba por marcar em Roma um momento de profunda paz e tranqüilidade, o que tem intrigado historiadores de todos os tempos. Vejamos o que Humberto de Campos nos diz:

“É que os historiadores ainda não perceberam, na chamada época de Augusto, o século do Evangelho ou da Boa Nova. Esqueceram-se de que o nobre Otávio era também homem e não conseguiram saber que, no seu reinado, a esfera do Cristo se aproximava da Terra, numa vibração profunda de amor e de beleza.” (Boa Nova – Humberto de campos)

O reinado de Otaviano Augusto começa em 16 de Janeiro de 27 (a.c). Porém já no ano 30 (a.c) passou a ter o poder de veto e controle sobre as assembléias. O senado também lhe concedeu a máxima autoridade nas províncias.
Utilizando então o ano de 30 (a.c) para nossos cálculos, pois foi quando realmente Otaviano assume o poder, vamos somar 100 anos (um século), tendo então o término desse período descrito por Humberto de Campos no ano 70 (d.c).
Vejamos então o que Emmanuel nos fala dessa data, onde se encerra o século da Boa Nova:


“O cerco de Jerusalém, terminado em 70, foi um dos mais impressionantes da história da humanidade.
A cidade foi sitiada, justamente quando intermináveis multidões de peregrinos, vindos de todos os pontos da província, se haviam reunido junto ao templo famoso, para as festas dos pães ázimos. Daí, o excessivo número de vítimas e as lutas acérrimas da célebre resistência.
O número de mortos nos terríveis recontros elevou-se a mais de um milhão, fazendo os romanos quase cem mil prisioneiros, dos quais onze mil foram massacrados pelas legiões vitoriosas, depois da escolha dos homens válidos, entre cenas penosas de sangue e de selvageria por parte dos soldados.”
(Há dois mil anos – Emmanuel)


Temos ai a Guerra Civil de Israel como marco de encerramento desse período de Paz.

Por fim, deixo duas passagens do Sermão Profético de Jesus, que, apesar de ter uma simbologia de expressão mundial, também pode ser considerado apenas para aquele pequeno recinto da Judéia:

Lucas Capítulo 21:
5 E, dizendo alguns a respeito do templo, que estava ornado de formosas pedras e dádivas, disse:
6 Quanto a estas coisas que vedes, dias virão em que não se deixará pedra sobre pedra, que não seja derrubada.
24 E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Jerusalém será pisada pelos gentios, até que os tempos dos gentios se completem.


(Retirado de http://www.ricardobalbio.blogspot.com/)

Feliz Dia do Amigo




segunda-feira, 11 de julho de 2011

Rendamos Graças

Queridos amigos,

Segue um texto emocionante, escrito por Marcus Castro, sobre uma visita fraterna realizada por jovens da Mocidade. O texto foi retirado de: http://www.poesiasmarcuscastro.blogspot.com/

Forte abraço!

Hoje acordei as 06h30min da manha, um dia frio na capital mineira. O despertador tocou e me virei para o lado na tentativa de dormir mais alguns minutos enrolado no meu cobertor quentinho. A vontade não venceu o dever. Caso não levantasse naquele momento me atrasaria para o compromisso de logo mais. Peguei a calça jogada na cadeira, a blusa no armário, calcei meu tênis da adidas e preparei um copo de leite quente com achocolatado. Após a higiene pessoal coloquei-me em direção ao ponto de ônibus; era domingo e não poderia perder o transporte. Sentei-me no ponto em frente à Praça da Liberdade e fiquei a ver as pessoas caminhando, outros com os filhos, outros com os cachorros; em meio as arvores, flores e uma estrutura cultural para o dia. O que será que cada uma delas está pensando? Quais as alegrias, as dores e as dificuldades de cada uma? Cada uma na sua luta íntima e externa, na busca constante pela felicidade. E o que traria essa felicidade para cada um? Dinheiro, carro, um parente que já se foi ou aquele que ainda vive, mas está mais morto que o outro? Um novo amor; ou o velho mesmo que o tempo insistiu em levar embora consigo? Afinal é dia dos namorados.
Não tive tempo de elaborar uma resposta, o ônibus se aproximou e as perguntas sumiram de repente. O trajeto não durou muito, cerca de uns 20 minutos em que me entreguei a um leve cochilo. Destino: Centro Espírita Oriente. Cheguei cedo, o local ainda fechado. Somente uma senhora com uma saia colorida batendo nos calcanhares e com as duas bochechas rosadas aguardava sentada ao chão. Com um leve aceno pediu que me aproximasse e iniciou um diálogo descontraído que me fez sentir bem confortável. As pessoas foram chegando e em meia hora estavamos todos no local; eu e mais quatro amigos por volta dos seus 20 anos de idade; três garotas e um garoto. Reunimo-nos numa sala, fizemos uma oração e abrimos, aleatoriamente, o livro Pão Nosso de Emmanuel/Chico Xavier. A leitura foi a de número 100, "Rendamos Graça'': “Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” – Paulo. (1ª Epístola aos Tessalonicenses, 5:18.) Demos início a alguns comentários seguidos de uma breve orientação, de uma das companheiras, sobre como se portar no local a que nos dirigiríamos e de uma prece. Destino: O lar de uma família cadastrada na casa que morava no Amontoado da Serra, uma das favelas de Belo Horizonte.

Chegamos rápido na entrada do local, as ruas foram afinalando e subíamos cada vez mais e mais. Terceira, segunda, primeira marcha para que conseguíssemos acabar de subir. O trajeto me relembrava os filmes que tinha visto no cinema, uma realidade totalmente desconhecida por mim. Paramos o carro. O restante do caminho seguiríamos a pé. No alto, garotos em cima das lajes soltando papagaios, ao lado uma igreja evangélica louvando o senhor e alguns moradores na porta de suas casas com os olhares curiosos. Saí do carro receoso, um sentimento de medo insistia em me dominar, mas ao mesmo tempo uma vontade imensa de prosseguir falava mais alto. Andamos um pouco, pedimos informação e seguimos em frente. Adentramos em um beco com grande dificuldade de locomoção; algumas tábuas soltas serviam de escada. Dois meninos por volta dos seus cinco anos brincavam na porta de uma casa. Oi tudo bom? Vocês sabem onde mora a senhora............? Perguntou uma das companheiras. Ummm...,olhou a criança com um olhar pensativo;você viu onde foi parar meu papagaio? Respondeu logo em seguida apontando para uma árvore seca a frente. Abrimos um sorriso seguido de palavras solidárias a perda da pipa. Eu sei. Minha mãe mora aqui; disse o menorzinho entre os dois. Não conseguimos disfarçar a surpresa expressa no rosto de cada um. Apresentamo-nos e fomos convidados a entrar.

A casa tinha dois cômodos apenas. As paredes meio rebocadas e o chão de cimento e terra batida. Fomos acomodados na cama que serviu de sofá improvisado. Iniciamos um diálogo em que pedimos a senhora para contar um pouco da sua história. Nada poderia ser mais comovente naquele momento. As dificuldades eram enumeradas ininterruptamente sem nenhum tom de reclamação. Um dos filhos preso, desempregada e o local davam um tom melancólico à conversa. Não interrompemos. O filho adolescente acabara de sair da cadeia após ser detido por quinze dias por furto. Dizia ele nunca mais voltar a roubar, não trocaria a liberdade dele por nada. O amigo que morava ao lado o acordava de manhã: ou, ou, levanta, vamos roubar. De uma forma tão natural como se fosse um convite para ir ao clube. Culpado? Não cabe aqui fazer nenhum julgamento. O contexto de vida me levava a pensar se eu não agiria da mesma forma caso tivesse a mesma realidade. Preferi pensar que ele realmente não voltaria mais a roubar.

Pedimos que a senhora abrisse o livro Pão Nosso, fizemos a leitura seguida de um comentário breve dela mesma. Meus amigos falavam palavras de consolo e orientação enquanto o caçula de quatro anos entrou na casa com uma folha de papel e uma linha de pipa. Foi até a mãe que pediu que ele deixasse para depois. Sem opção foi até mim e estendeu a mão com a folha e a linha. Lembrei da minha infância e do meu avô que me ensinou a fazer aquela pipa improvisada com folha de papel. Dobrei aqui, dobrei ali, amarrei a linha e a criança saiu feliz. A conversa seguiu tranqüila. Fizemos uma oração, a visita chegava ao fim. Pedimos para conhecer o entorno da casa e fomos surpreendidos ao ver que não existia banheiro. O que existia estava quebrado, o cano da rede de esgoto entupido com concreto. Isso perdurava a um bom tempo. As necessidades eram feitas em baldes e jogadas no cano da rede principal. O choque foi grande e as mãos estavam atadas, não poderíamos prometer nada. A mobilização ficaria para depois.

No caminho de volta o silencio parecia gritar toda conversa na minha cabeça. Ninguém ousou falar nada. Mas os pensamentos não pediam licença. A imagem das pessoas caminhando na praça em meio às flores e arvores frondosas se confrontava com a casa, com o beco e com o balde que servia de vaso sanitário. Um paradoxo social. Cheguei a casa agasalhado, almocei e fui até a sacada do meu apartamento. A vista perdia-se em prédios e mais prédios. Lembrei-me da leitura com meus amigos o pela manha: Rendamos Graça. Foi o que fiz. Agradeci por tudo até as lágrimas.

Será que essa visita fez algum bem para aquela família? Não saberei responder essa pergunta, mas uma coisa eu posso dizer com toda certeza do mundo: Para mim fez um bem enorme.


Marcus Castro

domingo, 10 de julho de 2011

A maravilhosa luz da vida!!!


Estes dias estive pensando da onde viemos, pra onde vamos, e cheguei a conclusão de que viemos de um lugar tão iluminado que seja capaz de cegar os olhos humanos!!!

Acredito que todos nós como filhos de Deus, mesmo aqueles que renegam esta santa filiação, temos uma luzinha dentro do espírito, que tende a se expandir e brilhar cada vez mais, a partir do momento que praticamos o bem, a caridade, o amor ao próximo, à natureza, ao Pai, aos nossos pais e familiares!!!

Tenho certeza que quem ainda não viu, um dia verá a maravilhosa luz da vida, que milagrosamente encherá a sua vida de paz, esperança, alegria e boas energias, te emergindo numa incessante harmonia e emoção que só terá uma explicação: Deus nos deu um pouquinho da sua luz divina, para que pudéssemos lutar através do bem, pelo bem contra as trevas!!!

A luz da qual eu falo, traz um imenso estado de plenitude e de calmaria, que envolve nosso coração em um profundo aconchego e nos traz uma imensa vontade de viver e um grande incentivo para nunca desistirmos da vida pelo bem!!!

Creio que seja possível enxergarmos essa grande e maravilinda luz, através de uma sincera e grande conexão espiritual com nosso querido e adorado Jesus, (mestre e companheiro de todas as horas) por meio da fé inabalável!!!


Veja esta fotografia da luz do Sol, reflita sobre o tamanho de sua luminosidade, e então creia que a LUZ DA VIDA é bem maior, não tendo como compará-la a um milésimo do Sol!!!


Enfim, a maravilhosa luz da vida é revigorante, e me move a fazer o bem, para que quem saiba um dia, eu seja digno de desfrutar da imensa claridade da verdade maior, conduzida pelo mais puro amor do universo.

sábado, 9 de julho de 2011

Um poema do Chico Xavier...


(clique na imagem para ampliar)

Dica de Leitura

Amigos tão queridos,

Aproveitando nossos estudos sobre o Cristo e o Cristianismo, sugerimos a leitura do livro BOA NOVA, ditado pelo espírito de Humberto de Campos, psicografado por Chico Xavier. É uma obra que nos deixa encantados com a história do nosso amado Mestre, desde a preparação para a sua vinda ao planeta.

Boa leitura a tudos!!!

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Programação de Julho

Queridos amigos,

É com grande alegria que divulgamos a nossa programação para o mês de Julho. Teremos algumas atividades muito especiais e esperamos contar com a presença de todos!!!

NOSSAS PALESTRAS:
02/07/2011- Tema: JESUS: O CORDEIRO DE DEUS - Expositor: Luiz Carlos A. Reis
09/07/2011 - Tema:“NECESSÁRIO VOS É NASCER DE NOVO” - Expositor: Hilton

16/07/2011 - Tema: SEMANA ESPECIAL EMMANUEL
23/07/2011 - Tema: JOÃO E O SEU EVANGELHO - Expositor: Joao Nelho
30/07/2011 - Tema: A CURA DO PARALÍTICO – REFORMA ÍNTIMA - Expositor: Pedrina


NOSSAS ATIVIDADES E TAREFAS:
03/07/2011 - Festa Junina do Grupo Scheilla - 16:00 às 19:00h, na CEAL.
10/07/2011 - Festa Junina do Asilo Afonso Pena - nos encontraremos às 14:00h na porta do Scheilla e iremos, caracterizados até o Asilo.
17/07/2011 - Visita ao Asilo Afonso Pena - nos encontraremos às 14:00h na porta do Scheilla

Abraço Fraterno!

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Festa Junina do Grupo Scheilla



Queridos amigos,


Estão todos convidados para a festa junina do Grupo Sheilla, que acontecerá neste domingo, 03/07, das 16:00h às 19:00h, na Casa Espírita André Luiz (Rua Rio Pardo, 120, Santa Efigênia).


A entrada é gratuita!!!


Teremos brincadeiras e quadrilha! Venha se divertir conosco!


Forte abraço!

quarta-feira, 22 de junho de 2011

O Segredo - Partes 1 e 2

(clique na tirinha para ampliar)




(As tirinhas são da autoria de Wilton Pontes e retiradas do site http://espitirinhas.blogspot.com/)



Momento de Integração Conjunto - Ciclos 2 e 3

Queridos amigos,

É com grande alegria que convidamos a todos para participarem do MOMENTO DE INTEGRAÇÃO conjunto entre os ciclos 2 e 3 da nossa Mocidade, que acontecerá neste sábado, de 18:00h às 18:30h, no Scheilla. Será uma excelente oportunidade de confraternização com os nossos amigos muito queridos!

ATENÇÃO: Teremos uma participação especial surpresa!!!

Contamos com a presença de todos!

Forte abraço!

terça-feira, 14 de junho de 2011

GRUPO DA FRATERNIDADE ESPÍRITA IRMÃ SCHEILLA

Um pouco da história do nosso grupo, na semana em que acontece a SEMANA ESPECIAL IRMÃ SCHEILLA. Abraços a todos!!!

1946, julho - Primeiros sinais do Movimento da Fraternidade. Após um reunião no Centro Espírita Oriente, em Belo Horizonte, Américo Rafael Raniéri e Jair Soares assentaram-se à calçada da Praça Duque de Caxias e, Raniéri, percebendo a presença de algumas entidades espirituais, colocou-se em posição vibratória susceptível de entrar em sintonia com o mundo extracorpóreo.

Aproximou-se o espírito Altino e revelou-lhes então o aparecimento em futuro próximo de um "movimento" de caráter nacional que muito contribuiria para o progresso espiritual do Brasil.


1948 - Os espíritos voltaram a sinalizar a respeito do "movimento" a nascer nas montanhas mineiras. Tendo como testemunhas Jair Soares e Raniéri, o médium Amaury Guerra passou a expressar-se em fluente francês, sendo responsável pelos informes o espírito Victor Hugo.

Falou de reunião ocorrida no plano espiritual onde numerosas entidades se propuseram ao renascimento na Terra, a fim de auxiliarem na eclosão de um movimento capaz de despertar mais intensamente a chama da fraternidade dentro do Movimento Espírita do Brasil.


1948 - 23/07 - Raniéri mudou-se para o Rio de Janeiro por motivos profissionais e de lá continuou a receber informações sobre os futuros acontecimentos em Belo Horizonte, através do Irmão Altino.

1948 - 29/09 - Chico Xavier psicografa no Centro Espírita Oriente, em Belo Horizonte, a belíssima poesia de Castro Alves, intitulada "Apelo à Mocidade Espírita", sendo a mesma o marco inaugural do Movimento da Fraternidade.

1949, fevereiro A família Soares, a qual pertencia Jair Soares, conquanto espírita, caminhava entre desolada e triste porque a esposa de Jair, Dª. Elvira Soares, vitimada por câncer pulmonar e desenganada pelos médicos terrenos, esperava a morte física a brevíssimo tempo.

1949 - 10/02 - De madrugada, Jair Soares é chamado ao portão de sua residência. Chovia torrencialmente. Indo atender, defrontou-se com a presença de três visitantes.

Um deles se identificou como Francisco Peixoto Lins (Peixotinho) que constrangido, escusou-se por estar ali em hora avançada, conseqüência do atraso do trem que lhes trouxera do Rio de Janeiro.

Apresentou em seguida os companheiros: Inácio Rodrigues da Silva (Marechal) e a jovem Laura. Eles vinham pedir hospedagem por indicação de Raniéri, que afirmava ser o lar da família Soares uma verdadeira pensão da fraternidade. Falando a respeito da viagem, Peixotinho esclareceu que, na manhã seguinte, partiriam para Pedro Leopoldo, para se entrevistar com Chico Xavier.

Dona Elvira, mais conhecida como Ló, encontrava-se já recolhida em seu aposento, por isso, o próprio Jair preparou os leitos para os inesperados visitantes. De manhã, foram apresentados a Ló, que dirigiu-se à cozinha para preparar o café.

Os visitantes e o anfitrião conversaram, acomodados em torno da mesa da copa, quando Peixotinho acompanhado com os olhos, os movimentos da senhora fez singular meneio com a cabeça.

Jair percebendo, interrogou-o, ao que ele respondeu:

- Ah! Agora percebi o porquê da nossa presença em seu lar. Visitar Chico foi mero pretexto da Espiritualidade para que estivéssemos aqui.

Vejo o nobre Espírito Scheilla, com o rosto próximo ao de sua companheira e dizendo-me:

"Essa é uma irmã muito querida do meu coração, precisando de tratamento, Jesus vai permitir que a curemos. Irmã Scheilla pede-me para não ir a Pedro Leopoldo e realizar uma reunião mediúnica neste lar. Tal fato sensibilizou o casal Soares devido o doloroso drama familiar.

Assim foi que aconteceu, em 11/02/1949, inesquecível reunião de ectoplasmia, com notáveis fenômenos de efeito físico.

Ló curou-se e desencarnou 22 anos depois.

A residência da família Soares tornou-se o centro da atenções de grande parte da comunidade espírita brasileira em decorrência dos extraordinários fenômenos que ali passaram a ocorrer. Espíritos que se manifestaram na época: Joseph Gleber, Scheilla, Fritz, Palminha, José Grosso, André Luiz, Garcez, Sads, Maria Alice e tantos outros.

Tais fenômenos ocorreram até o final de 1949 e menos extensivos daí por diante, por determinação da própria Espiritualidade, pois, importava doravante não somente a materialização do espíritos, mas notadamente as conseqüências da presença deles por múltiplos processos e de forma a despertar-nos para um modo diferente de viver.


1949 - 29/09 - Primeira Tarefa Socorrista

Na reunião de ectoplasmia, na residência da família Soares aconteceu um fato inusitado. O Espírito Scheilla, materializado, destacou alguns dos presentes para fazer uma visita a um enfermo (Washington Dias). Naquele tempo o Espiritismo era pouco conhecido e não era habitual atender a enfermos em casa.

Estava assim realizada a primeira Tarefa Socorrista por parte daqueles que acalentavam o desejo de se moverem fraternalmente no mundo.


1949 - 16/10 - Instalação do Primeiro Grupo da Fraternidade, o Grupo da Fraternidade "Irmã Scheilla". Foram também traçados, nesta data, pela Espiritualidade as normas para nortearem o funcionamento do mesmo.

Estas normas somente tiveram sua relevância reconhecida em março/1983, por ocasião da elaboração do Estatuto Padrão da OSCAL - Organização Social-Cristã André Luiz, no seu artigo 14 com a titulação: Programa de Trabalho Permanente - PTP, destacando os seguintes itens:

  1. Ensino da Doutrina Espírita e do Evangelho;
  2. Assistência Social Espírita;
  3. Tarefa de Passes;
  4. Formação de Ambientes Espiritualizantes.

Estes pontos constituem os objetivos a serem observados e vividos no Grupo da Fraternidade e, sem a interação entre os mesmos, o grupo não se afirma verdadeiramente como "de fraternidade".

A formação de ambientes espiritualizantes em todas as atividades grupais da Instituição, com ramificação para os lares, locais de trabalho ou de convívio social, de maneira a expressar os lídimos sentimentos da fraternidade cristã!

(Extraído do livro: Movimento da Fraternidade de Célio Alan Kardec de Oliveira)

CITROLÂNDIA

Queridos amigos,
É com imensa alegria que a Mocidade convida a todos para, juntos, realizarmos uma tarefa muito especial.
No dia 19/06/2011, domingo, iremos ao bairro Citrolândia, em Betim, para levarmos, principalmente, doações de muita alegria e amor.
Nos encontraremos no Scheilla, nesta data, 19/06/2011, às 8:00h, e, após a prece no salão, sairemos juntos, em um ônibus gratuito, que nos levará até Citrolândia.
Esperamos por vocês!
Abraços!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

O Culto do Evangelho do Lar

Um casal amigo de Chico ia começar a fazer o Culto do Evangelho do Lar e foram informados que se perseverassem com fé, quando fizesse seis anos, Jesus ia lhes enviar um presente.
Quando completou o sexto ano, estavam ansiosos à espera do presente.
Terminaram o culto e ficaram esperando até a meia noite. Mas nada acontecia.
No dia seguinte, quando acordaram, descobriram que estranhos haviam entrado em sua casa, levando , entre outras coisas, um valiosíssimo e histórico diamante.
Um pouco descrentes e decepcionados, foram ao Chico.
A resposta não poderia ser mais lúcida:
— Mas o presente era exatamente este. O valor daquele diamante era incalculável e houve tantos crimes e tantos suicídios por causa dele, que vocês estavam com quase uma centena de obsessores dentro do lar. Muitos foram doutrinados e esclarecidos com o Culto, mas vinte e oito estavam irredutíveis e o único jeito de retirá-los de lá foi fazer com que o diamante fosse embora e eles foram atrás da jóia.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Programação de Junho

Queridos companheiros,

É com muita alegria que divulgamos a nossa programação para o mês de junho. Contamos com a presença de todos em nossos estudos. Esperamos, também, que todos participam da nova promoção do nosso blog!

Abraços a todos!!!

NOSSAS PALESTRAS:

04/06/2011 - Tema: A Missão de Moisés - Expositor:Augusto
11/06/2011 - Tema: Grandes Esclarecedores da Humanidade A.C. - Expositor: C.Estudos
18/06/2011 - Semana Especial Irmã Scheilla

25/06/2011 - Tema: “O que vem depois de mim é antes de mim" - Expositor: C. Secretaria

NOSSA PROMOÇÃO: Durante o mês de junho, as pessoas que comentarem em qualquer postagem do nosso blog, irão participar de um sorteio, no segundo sábado do mês de julho, ao final da reunião da MEMJD- Ciclo 3, de um exemplar de "O LIVRO DOS ESPÍRITOS".

CONVITE: Lembrando a todos que, a MEMJD- Ciclo 3 realiza, todos os sábados das 17:00 às 17:50h, na salinha de reunião mediúnica, um estudo sequenciado de "O LIVRO DOS ESPIRITOS", aberto à participação de todos os interessados!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Mais Espitirinhas

Trazemos mais tirinhas sobre o espiritismo e o movimento espírita. Nelas você vai ver histórias que refletem o dia-a-dia de uma casa espírita onde, de forma cômica, podemos observar pequenos enganos, atitudes, mal-entendidos e lições para refletirmos sobre nosso comportamento. As tirinhas são da autoria de Wilton Pontes e retiradas do site http://espitirinhas.blogspot.com/.

DIVIRTAM-SE!
(clique na tirinha para ampliar)

terça-feira, 24 de maio de 2011

Dica de Leitura

Amigos,

No nosso Seminário, no último domingo, tivemos uma técnica (um júri simulado), aplicado pelas Coordenadoras do Ciclo 1 da MEMJD, que utilizou como base o livro "Obreiros da Vida Eterna", da série André Luiz.

Para quem quiser... fica a dica de leitura.


Abraço fraterno!!!




Tudo tem seu tempo determinado...

1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
2 Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
3 Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
4 Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
5 Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;
6 Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;
7 Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;
8 Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

(Eclesiastes 3)

O Livro dos Espíritos, questão 642

Oi amigos!
Durante o IX Seminário MEMJD - Cristianismo e Juventude, o expositor Ibraim recomendou a leitura da Questão 642, do Livro dos Espíritos, de Allan Kardec. Segue trascrita abaixo:


Questão 642: “Para agradar a Deus e assegura a sua posição futura, bastará que
o homem não pratique o mal?”
Resposta – “Não, cumpre-lhe fazer o bem no limite de suas forças, porquanto
responderá por todo mal que haja resultado de não haver praticado o bem.”


Abraços a todos!!!

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Dicas de Leitura

No último sábado tivemos uma palesta, da Semana Especial André Luiz, sobre a obra "Evolução em Dois Mundos". Durante o Estudo, a expositora Lilian Moura recomendou, além da leitura desta obra, a leitura da obra "A Gênese" de Allan Kardec. Ela nos esclareceu que, alguns deixam de lê-la por pensarem que se trata de uma obra de difícil compreensão, mas, na verdade, a leitura desta obra básica da Codificação, é de fácil entendimento.

Boas leituras a todos!!!






IX Seminário MEMJD - Cristianismo e Juventude

Queridos amigos,

É com grande alegria que convidamos a todos para participarem do nosso IX Seminário. Este ano com o tema Cristianismo e Juventude.
O seminário acontecerá no dia 22/05, e as inscrições já estão sendo realizadas.
Detalhes no cartaz abaixo!

Contamos com a presença de todos!!!

Abraço fraterno!



(clique no cartaz para ampliar)


quarta-feira, 11 de maio de 2011

Vida e Louvor

Meus filhos: a suave e sublime ternura de Maria Santíssima vos guarde em equilíbrio e fé!
Um coração sem Deus assemelha-se a uma gema encoberta por escura e pesada crosta, candidata aos favores impagáveis do buril!...
Nenhum de nós, quando nessa Terra de tantas lutas e amargores, de tanta indiferença e nega
ção do amor, poderia atingir a plenitude de suas possibilidades sem o apoio das dores que, de boa vontade interpretadas, são dádivas de despertamento, de burilamento e iluminação!...
Aos incautos e desconhecedores da Verdade Divina, a existência é um repertório de desatinos e o culto insano das paixões, em cujo cortejo de excessos e negligências morais, observa-se a violência e a degradação, a zombaria e o crime...
Ah, meus irmãos!... Quão bendita é a prova bem suportada e bem conduzida!... Quão divina é a ação do que ora com fervor, atendendo, mesmo com sacrifício, aos seus deveres de cada dia, em profundo respeito aos direitos e necessidades dos semelhantes!...
Uma mãe e um pai, no santuário do lar, são chamados ao mesmo sacerdócio que compete aos convertidos sinceros das religiões!... Um político é um tutor devotado das comunidades por que se empenha e todos os profissionais, nas mais diversas áreas de prestação de serviço na sociedade, são operários do bem estar geral, de vez que todos - dos mais graduados aos menos expressivos aos olhos do mundo, assumem compromissos de solidariedade e educação, de socorro e fraternidade!
Nesta casa - hoje consagrada à Família Humana, vivemos outrora e nela recebemos os filhinhos que o Senhor julgou-me merecedora de acalentar. Todos eles, já emancipados da carne e prosseguindo na luta de seu crescimento e elevação, promovem em minha alma sedenta de excelsa Luz, a vibração da candura e da gratidão, mas aquele que, desde tenra idade e sem a minha presença física, aceitou o martírio e abnegação para louvar a vida e entregá-la ao Senhor Jesus - esse comove-me e me induz a ajoelhar, agradecida, orando ao Pai e dizendo-Lhe contrita:

- Oxalá, meu Senhor Supremo, todo o amor derramado em cascatas de fraternidade e perdão, ou como flores de elevada estirpe moral, possa inspirar as almas sofridas a conduzirem com dignidade e valor espiritual as suas aflições, sem abatimento e sem revolta, sem desalento e sem medo!... Que, Senhor, os faustosos se contenham e que os levianos abracem a contenção das próprias energias!... Sabemos, ó Pai, que os exemplos são concessões e que a força incontida da luz revelada é o néctar dos mais empobrecidos, dos mais iludidos e de quantos remanescem nas trevas da negação!...

A vida somente pode ser louvada pela luz do amor, que a fé enaltece e santifica nesta Terra de tantas e tamanhas amarguras!...
Meus filhos, em nome do Cristo eu vos agradeço e suplico: prossigamos na luz do Senhor, na vivência de Seu Evangelho de Paz!...

Maria João de Deus

(Mensagem psicografada pelo médium Wagner Gomes da Paixão durante evento realizado no Centro Espírita Luiz Gonzaga, em Pedro Leopoldo, MG, pelo encerramento das comemorações do centenário de nascimento de Chico Xavier, na noite do dia 28 de março de 2011)